Trio calafrio


Três moças de arrancar fiu-fiu na obra. Beldades da capital Edo 江戸 dos anos 1790, daquele final de século 18 que deixou saudade. As modelos escolhidas por Utamaro, que reaparecem em outras xilogravuras do artista, não eram as tradicionais garotas de programa de luxo preferidas do público consumidor de ukiyo-e 浮世絵, mas jovens notabilizadas pela beleza de parar o trânsito.

No centro, acima das amigas, vemos Tomimoto Toyohina 富本豊雛, célebre gueixa 芸者 da casa Tamamuraya 玉村屋, do distrito dos prazeres de Yoshiwara 吉原遊廓, assim batizada por alcançar fama com a canção “Tomimoto bushi” 富本節, cantada ao som doído das cordas do shamisen 三味線. Como as demais, seu cabelo está no moderno penteado shimada 島田, popular entre as garotas no final da adolescência. Na manga do quimono, o brasão 紋 de prímula da Tamamuraya.

À direita, Naniwaya Kita 難波屋きた. O-Kita おきた, filha do proprietário de uma casa de chá em Asakusa 浅草 localizada próximo ao templo Kinryuzan Sensoji 金龍山浅草寺. À época da xilogravura, acreditava-se que O-Kita teria 15 anos. A garota veste elegante quimono preto e traz um leque 団扇 com folha de paulownia, emblema da família.

Sobrou Takashima Hisa 高島屋ひさ, a O-Hisa おひさ, da casa de chá Senbeiya 煎餅屋, situada em Yagenbori 薬研堀, região de Ryogoku 両国. Pode procurar no GPS. Tratava-se da primogênita do proprietário e sua principal função era atrair clientes ao estabelecimento. No retrato, supõe-se que O-Hisa teria 16 anos. Nos ombros, uma toalha de rosto cobre parcialmente o brasão de carvalho em suas vestes.

A composição triangular aludiria ao tradicional Sansanzu 三酸図, os três provadores de vinagre, no qual Confúcio 孔子, Buda 仏 e Lao Tsé 老子 se congregam em torno de um grande barril e, entre expressões amargas, simbolizariam a unidade das três correntes de pensamento.











Imagem: Toji san bijin 当時三美人 (c. 1792-93)

Artista: Kitagawa Utamaro 喜多川歌麿 (1753-1806)


postagem em parceria com @pictures_of_the_floating_world

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

A ostra

Máscaras