top of page

Flagrantes em 24 horas - - - 7 pm


A garota está fascinada, hipnotizada até, pela pequenina muda de bambu recém adquirida na barraca instalada a céu aberto no festival da vez. Uma tocha esquisita em formato de rojão queima em segundo plano, reforçando o tardar da hora.

A julgar pela palavra shichibisha inscrita nos versos em destaque, o evento estaria de alguma forma associado a Bishamonten, um dos Shichifukujin 七福神, Sete Deuses da Fortuna. A ligação com a divindade é enfatizada por dois de seus objetos favoritos, o tridente e o pagode, versão em miniatura daquele que guardaria formidáveis tesouros e cuja proteção estaria sob responsabilidade de Bishamonten.

Os Sete Deuses da Fortuna são:


Ebisu 恵比寿: única divindade do grupo com selo de autenticidade cem por cento japonês. Deus da prosperidade e patrono dos pescadores, é representado com utensílios característicos destes, como chapéu e vara de pescar. Traz consigo um cesto de palha com um peixe, em geral um rosado pargo.

Fukurokuju 福禄寿: deus da saúde, que proporciona longevidade e sabedoria, supostamente necessária para alcançar a felicidade. É capaz de viver de luz, sem se alimentar, e compartilha com um certo nazareno o dom de ressuscitar os mortos. Discernível pela cabeça alongada.

Hotei 布袋: deus da fortuna, dos plaquês de cem. Sujeito gordo, careca e sorridente, dono de um bigode curvo de vilão de filme bê. Sempre se mostra seminu, não por safadeza, mas por inexistirem roupas longas o suficiente para cobrir sua enorme barriga. Carrega nos ombros uma sacola forrada de riquezas.

Jurojin 南極星: vinculado à velhice, da mesma forma que Fukurokuju. Ostenta longa barba branca de Gandalf e traz consigo um valioso pergaminho, no qual reside toda a sabedoria do mundo.

Bishamonten 毘沙門天: Bisha, pros íntimos. É o deus da guerra, associado à ideia de autoridade e obediência. Veste armadura e capacete, pronto pro combate.

Benzaiten 弁才天: personificação de todos os elementos que fluem: a água, o tempo, o verbo e, por analogia, o conhecimento. É a padroeira dos artistas, em especial músicos e gueixas, razão pela qual dedilha um alaúde biwa 琵琶.

Daikokuten 大黒天: protetor das colheitas e dos agricultores, costuma aparecer encostado em fardos de arroz ou em uma sacola transbordante de tesouros.

Título: Gogo shichiji 午後七時

Série: Mitate chuya nijuyo ji no uchi 見立昼夜廿四時之内 (1890)

Artista: Toyohara Kunichika 豊原国周

(1835-1900)

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page