top of page

Flagrantes em 24 horas - - - 4 pm


Na maioria das imagens da série, Toyohara Kunichika se revela um verdadeiro edokko 江戸っ子, cria legítima de Edo, um artista firmemente arraigado nos entretenimentos da capital, seja o teatro cabúqui 歌舞伎 ou os distritos dos prazeres 遊廓. Em ocasiões bissextas, porém, Kunichika se permite fazer referências à vida rural.

A jovem camponesa serve o lanche da tarde. Em uma das mãos, traz a chaleira de ferro e, na outra, equilibra uma travessa de madeira com taças brancas, dois pares de hashi 箸 e uma tigela azul-escuro ornada com elementos florais. Em seu interior, conservas de vegetais.

Os cabelos desgrenhados, a toalha multiuso tenugui 手拭 atada às pressas e o quimono enfiado dentro da faixa de cintura obi 帯 sugerem se tratar de uma moça atarefada, livin’ la vida loca, o que não afeta a afabilidade em seu rosto. A corda vermelha no ombro, por sua vez, era utilizada para amarrar as mangas durante o trabalho na lavoura.



No destaque, um jardim em miniatura bonseki 盆石 disposto em uma travessa ao-oribe 青織部焼, tipo de louça de barro criada no século 17 e manufaturada inicialmente nas regiões agrícolas da província de Mino 美濃国, identificável pelo esmalte esverdeado aplicado sobre a superfície creme. Tais cerâmicas eram bastante apreciadas pelo mestre da cerimônia do chá Furuta Oribe 古田織部 (1544-1615), de quem herdou o nome.

O bonseki em questão representa uma idílica paisagem pastoral com arrozal, espantalho e grou, símbolos do outono.


Título: Gogo yoji 午後四時

Série: Mitate chuya nijuyo ji no uchi 見立昼夜廿四時之内 (1890)

Artista: Toyohara Kunichika 豊原国周 (1835-1900)

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page