Vem quente que estou fervendo


Nesta imagem, da série As Sessenta e Nove Paradas da Kisokaido, vemos o bravo samurai Mitono Kotaro no exterior de um templo em ruínas a encarar não um, nem dois, mas três inimigos. Um dos sujeitos agarra a cintura do guerreiro e tenta aplicar uma queda de judô 柔道— um wazari 技あり, quem sabe —, enquanto cuida de esconder a cabeça chifruda da lâmina que tudo decepa. Kotaro pisoteia o segundo oponente enquanto o último, estabacado de bunda no chão, tenta oferecer alguma resistência. Ao fundo, uma anciã de cabelos grisalhos e quimono amarelo. Mais ao fundo, uma máscara de oni 鬼 jogada no matagal.

Também conhecida como Nakasendo 中山道, a estrada Kisokaido 木曾街道 ligava a nova capital Edo 江戸 à antiga, Quioto 京都. Tratava-se de uma rota montanhosa que atravessava o coração de Honshu 本州, ilha principal do Japão, em oposição à costeira, e mais famosa, estrada Tokaido 東海道. Na série, Kuniyoshi idealizou um desenho para cada parada, além de imagens para a partida e a chegada. Cada xilogravura apresenta uma conhecida figura histórica ou lendária.

Título: Mitono 三戸野 (1852)

Série: Kisokaido rokujuku tsugi no uchi 木曾街道六十九次之内 (1852-1853)

Artista: Utagawa Kuniyoshi 歌川国芳 (1798-1861)


postagem em parceria com @pictures_of_the_floating_world

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Geta

Gatos