top of page

O bocejo da carpa


O gênero literário yomihon 読本 tratava de romances de enredo complexo, boa parte com fundo moralista confucianista, e gozou de grande popularidade no século 19. O tamanho médio das obras variava de cinco a dez volumes, porém havia as que alcançavam quarenta, cinquenta, às vezes uma centena de tomos. A tarefa do artista de ukiyo-e 浮世絵, portanto, era apreender a visão do autor e assim realçar o impacto da narrativa.

O maior nome do yomihon foi Takizawa 滝沢 (ou Kyokutei 曲亭) Bakin 馬琴 (1767-1848), e coube a Hokusai ilustrar parcela significativa da sua produção. Um catálogo dedicado aos grandes do ukiyo-e da época chega a afirmar que foi graças a Hokusai que o gênero se tornou moda. Na imagem, Usuyukihime 薄雪姫, filha de Ono Akimitsu 小野秋光 e sua segunda esposa, Tamanoe 玉の方, se depara com uma gigantesca carpa.


Título: Sono no yuki そののゆき (1807)

Artista: Katsushika Hokusai 葛飾北斎 (1760-1849)

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Bình luận


bottom of page