No depósito de madeira em Fukagawa, um kappa faz eca pro mau cheiro


Criada em 1881 para a série Cenas Engraçadas em Lugares Famosos de Tóquio, a imagem é autoexplicativa: um homem peida amarelo em um kappa.

Também conhecida por kawataro 川太郎, a criatura dos rios kappa 河童 é um duende-demônio anfíbio, com membranas natatórias nos pés e nas mãos, aparência antropomórfica e carapaça de tartaruga nas costas. Uma depressão no cocuruto chamada sara 皿 retém água e, caso o líquido se perca, derramado ou evaporado, o kappa fica bastante fragilizado. O pó na capa do Batman.

A ficha corrida dos kappa é extensa. As entidades são responsáveis por atrair seres humanos para as águas e então, lançando mão de técnicas avançadas de luta greco-romana, puxá-los para as profundezas até que afoguem. Em seguida, bebem seu sangue e se refestelam com seus fígados. Também aumentariam os superpoderes ao se apossarem das shirikodama 尻子玉, as esferas míticas que guardariam a alma das vítimas, localizadas no fundo do ânus.


Imagem: Fukagawa Kiba kappa shuki ni hekieki 深川木場川童臭気に辟易

Série: Tokyo kaika kyoga meisho 東京開化狂画名所

Artista: Tsukioka Yoshitoshi 月岡芳年 (1839-1892)


postagem em parceria com @pictures_of_the_floating_world

10 visualizações

Posts recentes

Ver tudo