top of page

Os 24 modelos de devoção filial


5 EXTENUADO, PORÉM FELIZ


a árvore prefere a inércia, mas o vento insiste em soprar

a pessoa quer ser boa aos pais, porém estes estão mortos


Zhong You viveu durante a dinastia Zhou (771-256 a.C.) e era um filho bastante atencioso e dedicado. De família pobre, suas refeições consistiam de raízes e arbustos selvagens. Mas, não desejoso que seus pais compartilhassem de tamanha insalubridade, levantava-se antes da aurora para atravessar longas distâncias em busca de trabalho. Era comum percorrer cem li, cinquenta quilômetros, forrageando o que aparecesse, de modo a adquirir arroz e itens de primeira necessidade para os pais. Então, lançava o saco com provisões às costas e regressava, chegando em tempo para cozinhar uma nutritiva refeição àqueles que o trouxeram ao mundo. Tão logo a sacola esvaziava, amarrava as perneiras e repetia o processo.

Enquanto os pais viveram, Zhong You não poupou esforços para tratá-los com a consideração devida. Após seu falecimento, o rapaz abandonou a terra natal e se dirigiu ao sul, para o reino de Chu (c. 1030-223 a.C.), onde o regente se impressionou com sua escolaridade e firmeza de caráter, oferecendo-lhe um cargo administrativo. Competente e esforçado, em pouco Zhong You alçou-se a um cargo de importância, com remuneração alta e benefícios vários. Agora, não mais precisava cruzar vastas extensões a pé: possuía uma carruagem ricamente ornada em seda resguardada por uma comitiva de cem carroças. Seus depósitos transbordavam de grãos, tecidos, obras literárias e peças de ouro e prata. A mesa em que fazia as refeições ostentava iguarias deliciosas.

No entanto, a despeito da riqueza e do conforto, no íntimo Zhong You nutria profunda nostalgia dos tempos de outrora, quando podia cozinhar para os pais. Era comum encontrá-lo macambúzio, a suspirar. “Tamanhas honrarias são insípidas. Como gostaria de retornar ao passado, quando me alimentava de raízes e transportava arroz nas costas para alimentar a mãe e o pai. Eu era tão feliz! Agora que partiram, não posso mais cumprir meu dever de filho.”


carregava arroz para refeições dignas

de bom grado, caminhava cem li

obteve glórias, porém estavam mortos

de que vale? os dias alegres se foram


Imagem: Chuyu 仲由

Série: Morokoshi nijushiko 唐土廾四孝 (1848)

Artista: Utagawa Kuniyoshi 歌川国芳 (1798-1861)

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page