Conspiração


Um dia nublado em Tóquio. O gris do ambiente é malemal contrastado pela coloração lavanda das florações de primavera que ladeiam o portal Sakurada, palco do complô Sakuradamon 桜田門の変, em que Ii Naosuke 井伊直弼 (1815-1860), então no cargo de tairo 大老, primeiro-ministro, foi assassinado por samurais sem mestre ronin 浪人 em 24 de março.

Naosuke foi uma figura de destaque durante o bakumatsu 幕末, os anos derradeiros do período Edo 江戸時代 (1603-1868) que culminaram com a queda do xogunato Tokugawa 徳川幕府. Entre 1853 e 1867, o país colocou termo à política isolacionista sakoku 鎖国 e assim impulsionou a sociedade do modelo feudal ao capitalismo. Não foi uma transição harmônica. A grande ruptura político-ideológica aconteceu entre os ishin shishi 維新志士, nacionalistas partidários do imperador, e as forças xogunais, as quais pertencia a temida tropa de elite espadachim Shinsengumi 新選組. Naosuke era favorável à abertura do Japão e recebeu ferrenhas críticas por assinar, em 1858, o Nishibei Shuko Tsusho 日米修好通商条約, tratado de amizade e comércio com os Estados Unidos. O primeiro-ministro também foi censurado por implementar o Ansei no Taigoku 安政の大獄, expurgo da era Ansei (1854-1860), no qual o governo Tokugawa prendeu, exilou e executou aqueles que não endossavam suas políticas externas e, por extensão, sua autoridade.

Apesar de alertado sobre ameaças à sua vida, e dos reiterados pedidos de renúncia, Naosuke se manteve irredutível e justificou: “Minha segurança é nada se comparada ao perigo que se assoberba e ameaça o futuro do Japão”.

No manifesto dos conspiradores, constava:


“Embora cônscios da necessidade de mudanças, é diametralmente contra os interesses nipônicos, e uma mácula à honra nacional, estabelecer relações comerciais com nações ultramar, admitir a presença de estrangeiros nos castelos, abolir a prática do fumie 踏み絵, em que imagens de Jesus Cristo e da Virgem Maria são pisoteadas para comprovar a não filiação ao cristianismo, e permitir a construção de locais de culto à religião maldita. Assim, nos consagramos instrumentos celestiais para punir esse burocrata atroz e extirpar o país de terrível mal.”


Título: Sakuradamon 桜田門

Série: Tokyo nijukkei 東京二十景 (1928)

Artista: Kawase Hasui 川瀬巴水 (1883-1957)


postagem em parceria com @pictures_of_the_floating_world

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Clareou