top of page

A ascensão do dragão


E eis que das profundezas escuras do covil aquático emerge o dragão em direção aos céus. Reza o imaginário que a criatura permaneceu mil anos nos recônditos dedicada a práticas ascéticas para então ascender às alturas, naquela que se tornou metáfora para o sucesso.

A mitologia japonesa de dragões combina lendas nativas com histórias importadas da China, Coreia e Índia. As primeiras referências textuais encontram-se nos clássicos Kojiki 古事記 (c. 680 d.C.) e Nihon shoki 日本書紀 (ou Nihongi 日本紀, c. 720 d.C.). Nelas, os bichos são mencionados em formas e tamanhos variados, na maioria divindades das águas similares a serpentes.




Título: Ryu shoten 龍昇天

Série: Fuji hyakkei 富士百景 (1897)

Artista: Ogata Gekko 尾形月耕 (1859-1920)


postagem em parceria com @pictures_of_the_floating_world

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page